VAMOS REDUZIR A NOSSA PEGADA HUMANA!..........
VAMOS COMER OS PRODUTOS SÓ NA ÉPOCA EM QUE SÃO PRODUZIDOS !..............................................
VAMOS TODOS SEPARAR O LIXO E FAZER A RECICLAGEM!

sábado, 24 de janeiro de 2015

Pão com imaginação

Este blogue anda meio parado, porquê? perguntarão, anda meio parado porque, não tenho ido ao quintal, não tenho custurado, não tenho tido muita motivação... mas hoje? hoje acordei com a imaginação a fervilhar....
 ...vou fazer pão mas, não vou fazer um pão qualquer, vou fazer o pão com o qual sonhei. Será que vai sair bem? será que vou estragar farinha como da ultima vêz? Não sei , só experimentando....
 ... então juntei em cima da mesa; farinha sem fermento, farinha com fermento, levedura de cerveja, fermento, sal, aveia, farelo e flor de sal. Depois foi só juntar água morna e amassar tudo muito bem, trabalhei a massa durante doze minutos e pus a levedar....
 ... esperei duas horas, sempre espreitando mas, a massa não subia, já estava a ficar nervosa:
- Será que se vai estragar tudo outra vêz? nunca mais faço pão, bolas!...
Ao fim de uma hora e quarenta e cinco liguei o forno, quando já estáva bem quente, tendi a massa e enrolei-a em sementes de girasol, pus no forno mas, a massa não subia estava a ficar no fundo do forno em vêz de crescer. - Ca*** vai ficar uma m*** ai!!! que nervos, saí da cozinha a praguejar....
Passaram vinte minutos, fui espreitar e voilá!! ficou baixinho sim mas, está magnifico, saboroso e lindo, um bocadinho cozido de mais porque deixei o fogão no maximo mas, nada de mal, eu gosto do pão bem cozido!!

domingo, 4 de janeiro de 2015

Quem é vivo sempre aparece

Tinha perdido o meu blogue >> Diario de treinos<< hoje assim sem mais nem menos descobri-o...
Aqui fica o linque para o visitar e recordar quando me der na gana
http://diariodetreinos-horticasa.blogspot.pt/

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

10 anos de bicicleta em Lisboa

Há mais de 10 anos que ando de bicicleta em Lisboa!...
Desde que passei a ser porteira numa famosa avenida de Lisboa, que passei a fazer tudo de bicicleta; para ir fazer compras, para ir a consultas, ou simplesmente para dar recados....
 Durante os ultimos 10 anos, que raramente andei de transportes publicos dentro de Lisboa e nunca de carro... Até quando chove é mais pratico!
Agora que está na moda andar de bicicleta, que toda a genta fala disso, que tanta gente diz que é ecológico e tal!...
Não preciso de capacete, de roupa especial ou outra coisa moderna que agora inventam para fazer figura de atleta.
Continuo a andar de bicicleta, como sempre fiz desde que tirei a licença quando tinha 16 anos.
Nessa altura era para ir trabalhar, agora é para fazer o que for necessario!!
 Tenho imensso orgulho desta minha maneira de estar, não tenho medo de andar na estrada, de passar pelas rotundas, que não são nada faceis de fazer, nem sequer dos taxcistas que são os piores amigos dos ciclistas... resolvem acionar a buzina mesmo em cima de nós, é cada susto!!!
 As fotos claro, foram tiradas propositadamente mas, vinha a chegar das compras e falam verdade!
Pronto aqui fica mais uma amostra daquilo que eu sou!
Este blogue já fez cinco anos no passado dia 1-12-2014 e cá vai continuar por mais alguns...
FELIZ ANO NOVO para todos os que me visitam

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Acabado de ler

Acabado de ler e ainda a digerir, isto para quem corre como eu, leva um bocado...
Bem escrito como sempre, Murakami leva-nos a um mundo diferente do nosso. Como numa viagem, vamos com ele para as maratonas desse mundo, para mim desconhecido mas, que nos faz sonhar...
A pesar de cada um ter uma experiência diferente no que toca ao acto de correr, posso dizer que este retrato sobre a corrida não pode de jeito nenhum ser levado a sério, não como ensinamento.

...Quando falei pela primeira vez aos Gregos acerca do meu plano para correr sozinho de Atenas até Maratona, todos me disseram a mesma coisa: (isso é completamente insano.ninguém no seu perfeito juízo se lembraria de semelhante coisa)
Antes de ali chegar, não fazia ideia do calor característico do Verão grego,o que explicava as razões do meu franco optimismo. Tudo que tinha a fazer era correr quarenta e dois quilómetros, mais nada, pensava eu, e só tinha que me preocupar com a distancia. Nunca a questão da temperatura fora sequer levantada.
Assim que cheguei a Atenas, o calor que se fazia sentir na cidade era de tal forma insuportável que comecei logo a ficar com os nervos em franja....

...Já como leitura é altamente recomendado, fica-se a conhecer o homem e o escritor para além do maratonista...

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Chuchus ou pimpinelas e Tupinambos!

Este ultimo sábado, dia de todos os santos, fui ao quintal. Já lá não ia desde Agosto...
Os chuchus cresceram muito,tanto que invadiram o portão, a laranjeira e de tal maneira que tapou o caminho quase até à porta de casa... 
....tive que cortar os ramos, mutilar a planta mas, não era possível ficar como estava, como espécie invasora corria o risco de estrangular a laranjeira...

 ... colhi uma grande caixa deles, muito grandes, branquinhos e muito, muito bons!!
Claro que caíram uma serie de laranjas devido a ter puxado os ramos do chuchuzeiro??
Entretanto também colhi alguns tupinambos, só para as provas...
Hoje fiz um prato novo...

Chuchus e tupinambos, descascados e cozidos em água e sal
Num tacho alourei uma cebola às rodelas, com salsa e fiz um bechamel ao qual juntei natas, cubinhos de bacon e sementes de girassol torradas.
Temperado com sal, pimenta e nós moscada.
Polvilhei com queijo parmesão e levei ao forno a gratinar.
Ficou bastante bom!!

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Contribuir para um mundo mais verde?

Contribuir para um mundo mais verde, reduzir, reutilizar e reciclar...
São os três mandamentos para poupar o ambiente e os euros, agora que o nosso governo, desculpem desgoverno, quer que pagamos taxa sobre os sacos plásticos, aumenta o imposto dos combustíveis, obriga-nos a pedir factura até de uma bica e cria não sei quantos impostos sobre os desperdícios, vamos lá então falar de poupanças....
depois de lavadas e bem secas,  encho as cápsulas, e tapo com papel de aluminio 
 O café, o nosso melhor amigo pela manhã, a coisa mais indispensável antes de começar a trabalhar, que se bebe a toda a hora, reconfortante, agradável, saboroso e caro!!
Sim! Se beber dois, três cafés por dia gasta 1,80 euros, 21 cafés por semana, 12,60,euros, 90 cafés por mês, 54, euros, isto fazendo as contas por baixo, sempre se bebe mais um ao domingo, à tarde, enfim.... sem falar que um café pode custar até um euro ou mais, aqui estou a falar de 60 centimos
as fotos são uma treta, estragou-se a minha maquina, tenho que comprar outra...
 Depois de ter visto num blogue, comecei a fazer o mesmo, lavo as cápsulas, ponho a secar para perder toda a humidade e encho-as de novo, escolhi o café SICAL 5* por achar o melhor para o nosso gosto.
Cada bica assim fica a 9, cêntimos, é verdade que dá um bocado de trabalho mas, reduz o desperdício de plástico e fica substancialmente mais barato...
....E mais, pago sempre o café, ponho todos os dias um euro numa caixa como se bebesse dois cafés a 50 cêntimos, assim fico com a certeza que ganho mesmo, esse dinheiro normalmente é utilizado em coisas urgentes que sempre aparecem quando não estamos à espera...

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Millenium 01, 02, já só falta o 03

" Estava deitada de costas, presa por correias à armação de ferro da cama estreita. as correias, cruzadas, apertavam-lhe o peito e tinha as mãos algemadas aos lados do catre.
Havia muito que desistira de tentar libertar-se. Estava acordada mas, tinha os olhos fechados. Se os abrisse, ver-se-ia envolta em escuridão; a única luz era uma débil risca amarelada que se filtrava por cima da porta. A boca sabia-lhe mal a ansiava por poder lavar os dentes.... "
Gosto de ler histórias intensas com suspense, com acção, com mulheres fortes que não se deixam dominar facilmente...
Ainda me falta o ultimo desta triologia, estou ansiosa para o ler mas vai ter que esperar, a não ser que alguém mo ofereça ou me empreste....
"...  - Ora esta, quem diria! Há já algum tempo que andávamos à tua procura. Sonny, apresento-te Froken Salander.
Sorriu. Lisbete cravou nele uns olhos sem expressão: Reparou que ainda tinha uma cicatriz recente, muito vermelha, no rosto e no queixo, onde ela o cortar com as chaves. Ergueu os olhos para a copa das árvores, atrás dele. Depois voltou a baixar o olhar. Tinha uns olhos estranhamente escuros, como carvão.
- Tive uma semana desgraçada e estou de péssimo humor - Disse ela. - E sabes o que é pior? Sempre que me volto, encontro um monte de merda barrigudo no meu caminho, a armar-se em duro..."