VAMOS REDUZIR A NOSSA PEGADA HUMANA!..........
VAMOS COMER OS PRODUTOS SÓ NA ÉPOCA EM QUE SÃO PRODUZIDOS !..............................................
VAMOS TODOS SEPARAR O LIXO E FAZER A RECICLAGEM!

domingo, 18 de novembro de 2018

Sabonete liquido

Depois de várias remessas feitas há já algum tempo, ontem foi dia de transformar uma delas em sabonete liquido
Este sabonete foi feito com óleo usado, que esteve a macerar uns seis meses com alfazema.
De todos foi o que ficou com melhor aroma
 Deu cerca de quatro litros, vai dar quase para um ano visto que sou só eu a usar
 Tudo isto feito com a presenta atenta do Farrusquinho

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Minguante de Outubro


No minguante de Outubro é altura de semear as cebolas
As deste ano já estão semeadas.
Está dificil fazer a foto...

sábado, 20 de outubro de 2018

Novidades do quintal

Estamos no outono, já se colheram os feijões, limpou-se mais ou menos a terra onde estiveram os tomates e as outras coisas de verão. Agora é preparar a terra para novas plantações.
Assim sim! Com o József a cavar é bem mais fácil semear e plantar...
A terra está pronta e tapada, agora aguarda as próximas sementeiras, por ex: os alhos lá para Dezembro
Aqui um raminho de malaguetas gigantes oferecidas pala vizinha.
 Diospiros e marmelos


                           
Um vaso de despedidas de verão que me ofereceram, obrigada Andreia
… e pronto! Cá estamos e continuaremos por mais algum tempo.
Obrigada pela visita, agora deixa um comentário por favor... só para saber que passaste por cá!

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Maracujá (banana?)

Já falei deste maracujá, está carregado de frutos, alguém disse que era banana, não sei!
 Sei que está com muitos frutos, não sei quando vão ficar maduros, continuam a dar flor e a rama esté enorme.

 Vista geral de quase toda a planta.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Noticias do quintal

Bom dia a todos que me vizitam.
As noticias não são das melhores, agora que saio de casa todos os dias para trabalhar, o tempo escaceia para cuidar do quintal, mas algumas coisa se vão fazendo.
Maracujá
 Este maracujá foi plantado há anos mas, só este ano já no inverno é que começou a crescer e até deu flor que morreu devido ao frio claro.
                 A estufa voou várias vezes e da última ficou toda rasgada, ainda não sei que faça...
 Entretanto os alhos estão bons, também tenho cebolas e algumas coisas para a horta de verão.
 Arranjei uma cabritinha anã para me rapar as ervas daninhas, é uma hóptima roçadora....
... mas muito arisca, foge de mim a sete pés, ainda estou a trabalhar para ficarmos amigas
Pronto, só para dizer que estou cá, que continuo por aqui a tratar do quintal, com as mesmas ideias, a comer o que sai daqui e a lutar para reduzir a nossa pegada ambiental.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Agricultura de subsistência


Colheita de hoje
A natureza é sem duvida um milagre diário!
Desde que vim viver aqui para Leiria posso dizer que nunca mais comprei vegetais, retiro do quintal tudo o que preciso.
Não como as coisas que quero, quando quero, não! As coisas vêem assim quando menos se espera.
Nascem espontâneas e vão crescendo naturalmente até à hora de colher  
Todos os dias colho, ou recolho?
Não foi assim no inicio? Não éramos recolectores?

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Borboleta cauda de andorinha

Apresento-vos a lagarta que dá a borboleta cauda de andorinha.
Tenho um canteiro pequeno mesmo à beira da estrada, passa muita sede pois raramente o rego e o calor ali é muito mas, tenho lá uma planta de arruda, dizem que é contra a inveja e o mau olhado...
 ... Hoje fiquei pasmada com o que vi, a planta está literalmente coberta destas lagartas, achei-as linda e fiquei curiosa, fui pesquisar e encontrei.
Ela dá uma bela borboleta, com umas cores lindas e enorme
wikipédia
É uma espécie de notável beleza, sendo amarela com ranhuras pretas e manchas coloridas nas asas, as quais apresentam envergadura de 8 a 10 cm. A “cauda” ocorre em ambos os sexos, o que dá a essa espécie sua denominação singular.[1]
A foto tirei deste blogue.
 http://bucolico-anonimo.blogspot.pt/2013/09/nascer-num-pe-de-arruda.html

Pelo que pesquisei não é prejudicial para outras culturas portanto deixa-la viver tranquilamente!