VAMOS REDUZIR A NOSSA PEGADA HUMANA!..........
VAMOS COMER OS PRODUTOS SÓ NA ÉPOCA EM QUE SÃO PRODUZIDOS !..............................................
VAMOS TODOS SEPARAR O LIXO E FAZER A RECICLAGEM!

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Agricultura de subsistência


Colheita de hoje
A natureza é sem duvida um milagre diário!
Desde que vim viver aqui para Leiria posso dizer que nunca mais comprei vegetais, retiro do quintal tudo o que preciso.
Não como as coisas que quero, quando quero, não! As coisas vêem assim quando menos se espera.
Nascem espontâneas e vão crescendo naturalmente até à hora de colher  
Todos os dias colho, ou recolho?
Não foi assim no inicio? Não éramos recolectores?

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Borboleta cauda de andorinha

Apresento-vos a lagarta que dá a borboleta cauda de andorinha.
Tenho um canteiro pequeno mesmo à beira da estrada, passa muita sede pois raramente o rego e o calor ali é muito mas, tenho lá uma planta de arruda, dizem que é contra a inveja e o mau olhado...
 ... Hoje fiquei pasmada com o que vi, a planta está literalmente coberta destas lagartas, achei-as linda e fiquei curiosa, fui pesquisar e encontrei.
Ela dá uma bela borboleta, com umas cores lindas e enorme
wikipédia
É uma espécie de notável beleza, sendo amarela com ranhuras pretas e manchas coloridas nas asas, as quais apresentam envergadura de 8 a 10 cm. A “cauda” ocorre em ambos os sexos, o que dá a essa espécie sua denominação singular.[1]
A foto tirei deste blogue.
 http://bucolico-anonimo.blogspot.pt/2013/09/nascer-num-pe-de-arruda.html

Pelo que pesquisei não é prejudicial para outras culturas portanto deixa-la viver tranquilamente!

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Queijadinhas de marmelo

Com tanta coisa que vem do quintal e sem ter como escoa-las, tenho que inventar forma de as gastar.
Assim inspirada nos doces conventuais, fiz estas queijadinhas com marmelos e ovos, que há muitos



A receita para os mais curiosos

0,5kg de marmelos limpos
300g de açúcar
10 gemas de ovo
( cozem-se os marmelos, escorre-se a água e desfazem-se
( o açúcar vai ao lume até fazer ponto de perola
( numa taça juntam-se os marmelos, o açúcar e as gemas
( por fim junta-se duas colheres de sopa de quatro queijos (queijo ralado de pacote)
( enchem-se as forminhas e vai ao forno a 180 graus durante 30/40 m
   Massa tenra

( 300g me farinha
( 30g de manteiga (margarina ou banha)
( 1,5dl de água
 Desfaça a gordura com a farinha até ficar tipo areia, junta a água toda de uma vez e amassa até ficar bem homogénea, trabalhe bem a massa até ficar tipo seda.

Eu usei banha de porco porque é uma coisa que também tenho...

domingo, 3 de setembro de 2017

Pimentos, piripiris e afins

Não consegui comer pimentos este ano, fartei-me de regar e cuidar mas, é mentira, nada! Nikles! Nadica de nada...

... Agora é vê-los a começar a dar; é na estufa, é no terreno, é páprica, é picantes, é malaguetas... Estão por todo o lado







... e não tirei fotos a todos, estes são os mais fotogenicos

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Hora de colher

colher amoras para fazer uma tarte
 Tomate, milho verde e seco, feijão verde...
 ... Cebolas e alhos

 Girassol falta debulhar, há também feijão seco...
Estas são as noticias do quintal, é bom e gratificante viver no campo

sábado, 1 de julho de 2017

Conserva de couve roxa

Couve roxa, plantada no quintal e criada sem pesticidas nem fertilizantes químicos. 
Quando plantei achei que ia ter muita, que podia fazer muitos frascos mas, ficou pequenina, não deu couves grandes, de qualquer maneira estou satisfeita.
Hoje resolvi fazer a conserva, depois de pesquisar, (em português não achei nada, só pickles com muito vinagre)  com ajuda de um tradutor (o meu companheiro) e a ajuda deste site lá consegui, agora é esperar até poder experimentar.
a couve já cortada e lavada
                                                   A receita para um litro de água
- 1 l de água fria
- 20 colheres de sopa rasas de açúcar
- 8 colheres de chá de sal
- 20 grãos de pimenta preta
-3dl de vinagre bom eu usei de maçã
Fazer a calda que achar necessária e misturar bem.
Depois de esterilizar os frascos, enche-los com a couve, sem apertar, de seguida encher os frascos com a calda, deixar cerca de dois centímetros até à borda.
Colocar os frascos dentro do tacho e deixar aquecer até a couve começar a fazer umas bolhinhas, não precisa ferver realmente.
Tapar os frascos e envolve-los com uma manta para poderem arrefecer lentamente.
Devem ficar a descansar pelo menos 30 dias.

os frascos devem ser esterilizados 

depois de prontos vão a banho maria até começar a ferver

são guardados enrolados numa manta para arrefecer lentamente

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Novas aquisições para o quintal

Uma oferta de (Aromas da Vila) duas plantinhas de Stévia!
 Já chegaram as plantinhas, oferta de Aromas da Vila, já estão em vasos com todo o carinho, uma na janela da casa de banho e outra cá fora na varanda perto dos manjericos.
 ... agora é rezar para não morrerem e crescerem com saúde